Revolução Industrial

- A Revolução Industrial, se iniciou na Inglaterra no século XVIII. Podemos citar diversos motivos para esta revolução, que vem até os dias de hoje, ter se iniciado neste país:

  • Aplicação de uma política liberal;
  • Excesso de capital acumulado desde a Revolução Inglesa;
  • Cercamento dos Campos: No modo de produção feudal a terra era um bem comum para a produção camponesa. A partir do momento em que se processa a transição para o modo de produção capitalista, a terra passou a ser encarada como um bem. Com isso, uma parte dos senhores feudais e burgueses, passaram a cercar as suas terras, arrendando-as como pastagens para a criação de ovelhas, e delas expulsando os camponeses.
  • A Inglaterra firmou vários acordos comerciais vantajosos com outros países. Ex: Tratado de Panos e Vinhos;
  • Possuía grandes reservas de ferro e de carvão mineral em seu terreno, principais matérias primas utilizadas neste período.

 - Esta revolução se iniciou com a criação da manufatura, que tomou parte do lugar do artesanato, e a necessidade de produzir mais, para ser possível vender;

  • Artesanato: Surgiu no fim da Idade Média, com o renascimento urbano e comercial. Pode ser definido pela produção independente, onde o artesão possui o meio de produção, a matéria prima e as ferramentas
  • Manufatura: Foi resultado da ampliação do consumo. O manufatureiro distribuía a matéria prima pelos artesãos, que faziam os produtos e recebiam parte do lucro com as vendas. Estas pessoas que recebiam a matéria prima dividiam a produção, cada um fazendo uma parte, aumentando assim a quantidade de produtos

- Em decorrência do início da Manufatura, fábricas começam a ser criadas, nas cidades. Isto gera um Êxodo Rural, causando diversas consequências, como:

  • Crescimento desordenado da população, que gera proliferação de doenças, miséria etc.
  • Criação da classe operária.

- Com a rápida evolução que ocorria, as maquinas começaram a ser criadas, e passaram a tirar o lugar de trabalhadores;

- Protestos contra a maquinização começaram a ser organizados;

- Neste período, ainda não haviam leis trabalhistas, com isto, os operários trabalhavam em péssimas condições, com cargas horárias muito altas, recebendo baixíssimos salários. Isto gera indignação de parte dos trabalhadores, que passam a se revoltar. Estes revoltosos se organizaram em diversos movimentos que serão citados abaixo:

  • Movimento Ludista: Após diversos protestos, este movimento foi criado, sendo muito mais radical. Os ludistas invadiam fábricas e quebravam maquinas. Os participantes foram duramente repreendidos e muitos condenados a morte. Este movimento não teve o resultado esperado, já que os donos das fábricas colocavam maquinas novas;
  • Movimento Cartista: No início do século XVIII, foi criada a "Associação dos Operários", esta, representou os cartistas, organizando greves e protestos, que pediam:
    • A diminuição da jornada de trabalho;
    • Regulamentação do trabalho feminino;
    • Fim do trabalho infantil;
    • Folga semanal;
    • Salário Mínimo;
    • Fim do Voto Censitário;
    • Participação no Parlamento.
  • Esse movimento se destacou por sua organização, e por sua forma de atuação, chegando a conquistar diversos direitos políticos para os trabalhadores.