Feudalismo

- Teve início a partir do século IV, após o declínio do Império Romano. Este declínio se deu por diversos motivos:

  •  Más políticas econômicas, que geraram uma baixa densidade populacional;
  •  Invasões dos povos bárbaros.

- Estes dois motivos, foram os principais para o fim do Regime Romano, o qual imperou durante quase 500 anos. Com esta problemática, parte dos nobres romanos fugiu para o campo, levando junto diversos camponeses para trabalharam para os mesmos.

- Assim, foram criados os feudos. Nestes, o nobre, que passou a ser chamado de Senhor Feudal, exercia o poder sobre a parte de terras dominada pelos mesmos. Abaixo, veremos um esquema simplificado de um feudo.

 

         

  •     Observando a imagem, podemos ver que na região dominada pelo Senhor Feudal, era feita toda a produção necessária para sobreviver. Além de morarem no local, os trabalhadores( que passam a ser servos), os quais passavam a ter uma dívida com o nobre, por morar nas terras dele. Sendo assim, normalmente, era a dívida era paga com serviços prestados e parte da produção dada ao aristocrata.

- A sociedade Feudal, era dividida em três estamentos:

  •  Clero: Tinham como função oficial rezar, porém, tinha grande poder político.
  •  Nobreza (Senhores Feudais):  Recebiam terras do Rei em troca de ajuda militar. Então, os nobres tinham como função, guerrear.
  •  Servos: Era a maior parte dos camponeses, os quais eram explorados e presos às terras do Senhor Feudal.
  •  Vassalos: Juravam fidelidade e trabalho a um nobre em troca de moradia e proteção.

- A produção feudal, se baseava na economia agrária e possuía uma circulação monetária auto-suficiente, isto é, cada feudo possuía sua própria moeda.

- A partir do século XIII, o comércio voltou a se restabelecer, em decorrência da criação de burgos.

  •  Burgos eram cidades que conseguiam se livrar das relações servis e do predomínio dos nobres.

- Estes burgos, passaram a receber apoio dos reis, pois queriam a volta do comércio. Então, com esta volta, os Senhores Feudais passaram a ter dificuldades em manter seus servos, tendo em vista, que a moeda não servia como pagamento para fora do feudo.

- A partir deste fenômeno, os reis passaram a ter diversas discordâncias com os Senhores Feudais, gerando problemas entre estes.

- Por fim, passaram a ser montados exércitos profissionais, acabando com toda a função dos Senhores Feudais, gerando assim o fim do Feudalismo, que foi perdendo lugar para o Mercantilismo.