Governo Geisel

- O general Geisel assume o poder em plena Crise do Petróleo, quando a ditadura passa a perder todo o apoio popular;

- Houve uma brutal retração do crédito, e alta da inflação, tendo como consequência a indignação da classe média;

- Em 1975, faleceu Wladimir Herzog ( diretor de jornalismo da TV Cultura), vítima de tortura - o Exército dizia que ele se suicidou no interior de uma cela, após ser preso - nas dependências do Doi-Codi ( Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa). A população não acreditou na versão do Exército;

- Em 1976, é decretada a Lei Falcão, a qual proibia o pronunciamento de candidatos em problemas eleitorais de rádio ou televisão. Isto fez com que não fossem difundidas críticas ao regime;

- Mesmo atrapalhado pela Lei Falcão, o MDB conseguiu vencer o pleito, elegendo muitos prefeitos e vereadores;

- No mês de abril de 1977, houve o Pacote de Abril, visando impedir o aumento de representantes oposicionistas. Este pacote:

  • Aumentou o mandato do presidente para seis anos;
  • Diminiu proporcionalmente a representação parlamentar em estados mais populosos, onde era maior a força da oposição;
  • Um terço dos senadores passaram a ser indicados pelo próprio governo.

- O início da divulgação de barbaridades que eram feitas pelo exército, encorajou entidades a lutarem pela redemocratização, convocação de uma Assembléia Nacional Constituinte, anistia política a presos e exilados e pela volta das eleições diretas. Com isso, a UNE voltou a ser protagonista, além de nascer um novo sindicalismo ( principalmente em São Paulo, tendo como figura importante, Lula);

- Ao final de seu mandato, Giesel revogou o AI-5, entretanto o poder executivo poderia continuar com o direito de decretar estado de sítio;

- Neste período de final de governo, apesar de conseguir uma pequena elevação do PIB, a situação continuava instável economicamente, com uma inflação monstruosa e aumento desenfreado da dívida externa.