Mineração

- Portugal, no século XVIII, passava por uma grande crise econômica. Tinha um alto déficit na balança comercial, decorrentes do Tratado de Methuen;

  •  O Tratado de Methuen ( Panos e Vinhos) aumentou o mercado luso aos tecidos ingleses, em troca da livre comercialização de vinhos portugueses. Este tratado foi muito negativo para Portugal, pois é consumido muito mais tecido do que vinho.

- Então, a descoberta de ouro chegou em boa hora. Entretanto, diversos grandes "empresários" já haviam tido diversas lavras como propriedade;

  • Lavras são as unidades de exploração de ouro.

- Em 1702, a Coroa Portuguesa cria a Intendência das Minas, com função de cobrar impostos e definir as áreas onde os mineradores poderiam atuar. Era cobrado o quinto de ouro extraído;

- A sonegação dos impostos era muito grande, então em 1720, Portugal cria as Casas de Fundição, onde o ouro deveria ser levado para se transformar em barras, com isso, o minerador receberia o selo real. A partir deste ano, foi proibida a circulação de ouro em pó ou em pepitas;

- Em 1750, a Coroa Portuguesa passou a exigir da Capitania das Gerais uma cota anual de ouro, conhecida como finta, que seria equivalente a 1,5 tonelada por ano;

- Em 1763, foi instituída a derrama. A cobrança de impostos atrasados passou a ser feita de modo violento.

- Neste período começa a ocorrer o esgotamento das minas, e a mineração entra em declínio.