Mercantilismo

- Originado em decorrência do declínio do Feudalismo.

- No período em que o Mercantilismo se iniciou, a Europa sofria com uma grande escassez de ouro, prata e outros metais preciosos.

- Para a existência do modelo mercantilista, era necessária a existência de um Estado, centralizado. 

- Segundo o ideal mercantilista, o Estado possuia um papel intervencionista na economia.

- O mercantilismo, possuia alguns principios importantes:

  • Metalismo ou Ditalionismo: Significa que o capital é representado pelos metais preciosos que cada Estado possuia, evitando assim com que estes saíssem do país.
  • Incentivos à manufatura: Isso acontece pelo produto manufaturado render muito mais lucro do que a matéria prima ou produtos agrícolas.
  • Balança Comercial favorável: Idealiza que deve-se exportar mais do que importar, para que o país possua uma situação financeira estável.
  • Protecionismo Alfandegário: O governo impunha tarifas que faziam com que houvesse mais lucros na exportação.
  • Busca por colônias: A riqueza de uma nação era muito ligada a quantidade de colônias que a mesma possuia, tendo em vista que é possível ter mais mão de obra e matéria prima a partir da posse de novas terras. 

- O Mercantilismo foi muito importante para a ocorrência da Expansão Marítima, que será a proxima matéria estudada.

- A partir do século XVII, este modelo econômico passa a ser criticado, primeiramente por John Locke, e depois por diversos outros escritores iluministas.