Revolução Russa

- No início do século XX, a Rússia possuía um regime Czarista( absolutista), uma economia extremamente atrasada e agrícola. Os trabalhadores rurais viviam em uma grande miséria, passavam fome e muitos morriam com o grande inverno da do país;

- Nicolau II, o czar, concentrava o poder todo em suas mãos e não abria o mínimo espaço para a democracia;

- Em 1904, a Rússia guerreia contra o Japão por áreas na China em outros locais de influência na Ásia. Nesta guerra, a Rússia é derrotada, agravando as condições do país;

- Em 1905, trabalhadores de São Petersburgo, organizaram uma manifestação para entregar a Nicolau II um documento, no qual se reivindicava melhores condições de vida e melhores salários. Uma multidão de cerca de 200 mil pessoas, entre elas crianças e mulheres, foi ao Palácio de Inverno, residência do czar para protestar. As tropas do governo, que estavam de prontidão, receberam os manifestantes com tiros de fuzil. Este incidente ficou conhecido como Domingo Sangrento;

- Para não deixar o absolutismo ficar tão evidente, o czar decide então criar a Duma, que seria um Parlamento. Entretanto, os deputados não tiveram o direito de expor suas ideias, não tendo, então, nenhum efeito;

- Neste ambiente em que vivia a Rússia, foi mais fácil para o povo aceitar os ideais socialistas de Marx e Engels, sendo isso a base da Revolução Russa;

- Em agosto de 1914 a Rússia entrou na Primeira Guerra Mundial contra a Alemanha e a Áustria-Hungria. Nicolau II acreditava que por meio da guerra pudesse expandir o Império Russo e diminuir a insatisfação popular. Todavia, a Rússia estava sendo derrotada por estes países, agilizando assim a revolução;

- Em 1917, faltavam alimentos na Rússia, fazendo assim, com que o povo passasse fome, gerando diversas greves e protestos. Em fevereiro desse mesmo ano, uma multidão percorreu São Petersburgo pedindo pão e a saída do país da guerra. Os manifestantes também criticavam o sistema czarista;

- Neste período, movimentos revolucionários já estavam sendo formados:

  • Lenin e Martov, dois revolucionários, estavam unidos para fazer a Revolução, entretanto, houve uma discordância, a qual gerou a divisão entre os bolcheviques e mencheviques. Esta discordância será entendida na definição de cada facção,
    • Bolcheviques: Lênin defendeu a idéia de ter um pequeno partido composto de revolucionários profissionais com um grande número de apoiadores e simpatizantes que não seriam membros do partido
    • Mencheviques: Martov achava que seria melhor ter um grande partido de ativistas de grande representação.
  • Estas ideias foram divulgadas no Segundo Congresso do POSDR. No mesmo, foi votada, qual a facção que agiria primeiro. Os Mencheviques venceram, entretanto, no Comitê Central do partido, os Bolcheviques se saíram vencedores. Estes ganharam o direito de fazerem a revolução. Porém, os Mencheviques agiram antes.

- Em maio de 1917, os Mencheviques tomaram o poder, fazendo o conhecido "Governo Provisório", entretanto, não ocorreu o esperado: não houve mudanças sociais e a Rússia não saiu da guerra;

- Então, em outubro do mesmo ano os Bolcheviques, liderados por Lênin, fizeram uma nova revolução, prometendo pão, terra, paz, liberdade e trabalho;

- Com o grande apoio popular recebido, os Bolcheviques conseguiram fazer a revolução e Lênin assumiu o poder. Ao assumir, implantou o socialismo a partir de:

  • As terras foram redistribuídas para os trabalhadores do campo, os bancos foram nacionalizados e as fábricas passaram para as mãos dos trabalhadores;
  • Lênin, também, retirou a Rússia da Primeira Guerra Mundial.

- Entretanto, logo após a revolução, ocorreu um grande problema. Em 1918, instalou-se uma Guerra Civil no país, entre o Exército Vermelho (revolucionários) contra o Exército Branco (contra-revolucionários, czaristas). O Exército Branco tinha apoio de nações como o Reino Unido, Japão, França e Estados Unidos. Durante três anos, esta guerra muito sangrenta ajudou na piora da grande crise em que vivia a Rússia. O fim da guerra foi marcado pela vitória dos bolcheviques;

- Após a guerra, seguiu-se um período de grande crescimento econômico, principalmente após a NEP (Nova Política Econômica), esta, ficou conhecida como: "Um retrocesso no Socialismo, que causaria uma grande evolução". A NEP tinha como princípios:

  • Liberdade de comércio interno;
  • Liberdade de salário aos trabalhadores;
  • Autorização para o funcionamento de empresas particulares;
  • Permissão de entrada de capitais estrangeiros para a reconstrução do país.

- Após esta grande evolução gerada pela NEP, a União Soviética passou a estatizar as empresas, enriquecendo o Estado;