A União Soviética

- A Rússia durante o século XIX era marcada por um grande atraso frente outros países europeus que já haviam passado pela Revolução Industrial;

- Em 1861, há o fim da Servidão no país. Este era um aspecto feudal;

- Na segunda metade do século XIX, a Rússia passou a ter um crescimento econômico em que ela começou a se industrializar. Passou a ter a segunda maior produção do mundo;

- A política era marcada pelo absolutismo czarista. Era muito atrasada, já que nestes períodos a maior parte das Monarquias Absolutistas estavam estintas em decorrência da ascensão da burguesia;

- A burguesia na Rússia era fraca, já que tinha um Estado forte e a maior parte do capital era estrangeiro;

- Segundo Trotsky, esta burguesia fraca deu lugar ao Socialismo, já que o proletariado tomou lugar na parte revolucionária;

- A produção industrial possuía bastante força e era concentrada em grandes indústrias. Também segundo Trotsky, foi outro motivo para o fortalecimento do proletariado; gerou união;

- Em 1904, a Rússia guerreia contra o Japão por  áreas na China e outros locais de influência na Ásia. A Rússia é derrotada, agravando as condições do país;

- Em 1905, trabalhadores de São Petersburgo, organizaram uma manifestação para entregar a Nicolau II um documento, no qual se reivindicava melhores condições de vida e melhores salários. Uma multidão de cerca de 200 mil pessoas, entre elas crianças e mulheres, foi ao Palácio de Inverno, residência do czar para protestar. As tropas do governo, que estavam de prontidão, receberam os manifestantes com tiros de fuzil. Este incidênte ficou conhecido como Domingo Sangrento;

- Para não deixar o absolutismo ficar tão evidente, o czar Nicolau II decide então criar a Duma, que seria um Parlamento. Entretanto, os deputados não tiveram o direito de expôr suas ideias, não tendo, então, nenhum efeito;

- Trotsky e Lênin ajudaram na criação dos Sovietes. Era uma espécie de parlamento composto pelas classes oprimidas. Não fazia parte do poder legislativo, mas executavam os planos criados lá;

- Lênin tratou de unir o proletariado com o campesinato;

- Em agosto de 1914 a Rússia entrou na Primeira Guerra Mundial contra a Alemanha e a Áustria-Hungria. Nicolau II acreditava que por meio da guerra pudesse expandir o Império Russo e diminuir a insatisfação popular. Todavia, a Rússia estava sendo derrotada por estes países, agilizando assim a revolução;

- Em 1917, faltavam alimentos na Rússia, fazendo assim, com que o povo passasse fome, gerando diversas greves e protestos. Em fevereiro desse mesmo ano, uma multidão percorreu São Petersburgo pedindo pão e a saída do país da guerra. Os manifestantes também criticavam o sistema czarista;

- Neste período, movimentos revolucionários haviam sido criados:

  • Lenin e Martov, dois revolucionários, estavam unidos para fazer a Revolução, entretanto, houve uma discordância, a qual gerou a divisão entre os bolcheviques e mencheviques. Esta discordância será entendida na definição de cada facção,
    • Bolcheviques: Lênin defendeu a idéia de ter um pequeno partido composto de revolucionários profissionais com um grande número de apoiadores e simpatizantes que não seriam membros do partido
    • Mencheviques: Martov achava que seria melhor ter um grande partido de ativistas de grande representação.
  • Estas ideias, foram divulgadas no Segundo Congresso do POSDR. No mesmo, foi votada, qual a facção que agiria primeiro. Os Mencheviques venceram, entretanto, no Comitê Central do partido, os Bolcheviques se saíram vencedores. Estes, ganharam o direito de fazerem a revolução. Porém, os Mencheviques agiram antes.

- Em maio de 1917, os Mencheviques tomaram o poder, fazendo o conhecido "Governo Provisório". Esta revolução teve um caráter democrático multipartidário. Não ocorreu o esperado: não houve mudanças sociais e a Rússia não saiu da guerra;

- Então, em outubro do mesmo ano os Bolcheviques, liderados por Lênin, fizeram uma revolução, prometendo pão, terra, paz, liberdade e trabalho;

- Com o grande apoio popular recebido, os Bolcheviques conseguiram fazer a revolução e Lênin assumiu o poder. Ao assumir, implantou o socialismo a partir de:

  • As terras foram redistribuídas para os trabalhadores do campo, os bancos foram nacionalizados e as fábricas passaram para as mãos dos trabalhadores;
  • Lênin, em um dia, retirou a Rússia da Primeira Guerra Mundial. Esta saída foi um pouco conturbada, a Rússia continuou a sofrer ataques da Alemanha. A saída só se deu por completa com a assinatura do Tratado de Brest-Litóvski.

- Entretanto, logo após a revolução, ocorreu um grande problema. Em 1918, instalou-se uma Guerra Civil no país, entre o Exército Vermelho(revolucionários) contra o Exército Branco(contra-revolucionários, czaristas). O Exército Branco tinha apoio de nações como o Reino Unido, Japão, França e Estados Unidos. Durante três anos, esta guerra muito sangrenta ajudou na piora da grande crise em que vivia a Rússia. O fim da guerra foi marcado pela vitória dos bolcheviques;

- Neste período da guerra, com a grande confusão gerada, deixou de existir propriedade privada e a moeda havia perdido todo o valor, entretanto a condição era de total pobreza. Muitos falaram que haviam chegado ao Comunismo, mas Lênin não aceitou isto;

- Após a guerra, com o objetivo de melhorar a situação do país, foi criada, em 1921 a NEP ( Nova Política Econômica), esta, ficou conhecida como: "Um retrocesso no Socialismo, que causaria uma grande evolução". A NEP tinha como princípios:

  • Liberdade de comércio interno;
  • Liberdade de salário aos trabalhadores;
  • Autorização para o funcionamento de empresas particulares;
  • Permissão de entrada de capitais estrangeiros para a reconstrução do país.

- Em 1924, Vladimir Lênin faleceu em decorrência de Sífilis. Passou a ter uma grande disputa pelo poder entre dois líderes soviéticos: Trotsky e Stalin. Em seu testamento, Lênin havia colocado como seu sucessor Trotsky, entretanto Stalin, com sua rede de espiões, conseguiu sumir com este documento;

- Ganhando um grande apoio, Stalin conseguiu ascender ao poder;

A grande diferença entre Stalin e Trotsky:

O Primeiro defendia um Socialismo mais fechado, Nacionalista, enquanto o segundo acreditava que o Socialismo deveria ser Internacionalista, isto é, deveria ser espalhado por todo o mundo.

- Ao assumir o poder, Stalin passou a mostrar a sua enorme tirania que é tão falada hoje. Foi responsável pela morte da maior parte de seus opositores, como por exemplo Trotsky;

- Stalin deu fim a NEP em 1928. Argumentou que:

  • A NEP recuperou apenas as indústrias mais leves - como por exemplo a têxtil - enquanto a indústria pesada se manteve fraca;
  • A agricultura recuperou seu nível antes das guerras, mas estagnou, tendo em vista que não havia um maquinário desenvolvido.

- Foram colocados no lugar da NEP os Planos Quinquenais. Houveram três seguintes planos:

  • 1° Plano (1928-1932): Tinha como objetivo planificar a economia. Coletivizou a agricultura e passou a investir mais na indústria pesada;
  • 2° Plano (1933-1937): Continuação do privilégio a indústria pesada. Aumento do investimento em indústrias de bens de consumo.

- Estes Planos Quinquenais conseguiram fazer com que a URSS se tornasse a segunda maior potência do mundo. Foram finalizados com a Segunda Guerra Mundial;

- Uma pergunta comum na história é: Como Stalin conseguiu legitimar seus atos:

  • Primeiramente pelo crescimento econômico;
  • Em segundo lugar pela Crise de 1929. Todos os países capitalistas sofrendo e o comunismo soviético ficando cada vez mais forte;

- Com a morte de Stalin, Nikita Khrushchev assume o poder, acusando diversos crimes de Joseph Stalin. Em seu regime, a União Soviética viveu seu apogeu;

- Na década de 1950, com a Guerra Fria iniciada, a URSS passou a investir pesado no setor bélico e no tecnológico, tentando fazer uma campanha propagandista do modelo Comunista;

- Um fato muito importante desta época foi a ida do primeiro homem ao espaço: um soviético chamado Yuri Gagarin(1951);

- É criado o Pacto de Varsóvia. Uma aliança militar entre os países socialistas em resposta a OTAN;

- Com o fim deste governo, assumiu o poder Brejnev. Neste período há uma estagnação no crescimento. Enquanto isso, os capitalistas sofriam com a crise do petróleo;

- Criação da Doutrina Brejnev, mais conhecida como Doutrina da Soberania Limitada;

  • Une os países do Leste Europeu a União Soviética. Estes passam a não ter mais soberania sobre o próprio país.

- Há diversas teorias sobre o motivo desta estagnação, a que mais acredito é a seguinte:

  • Neste período houve uma crise no Fordismo e crescimento do Toyotismo;
  • A União Soviética sempre buscou investir mais em "quantidade" do que "qualidade". Com isso, não conseguiu se adaptar a este novo modelo.

- Em 1985, Gorbatchov assume o poder com o país já em crise. Tentando apaziguá-la, cria a Perestroika (em português significa Reconstrução). Dividirei esta em três fases:

  • Descentralização do comunismo: Deu maior liberdade a fábricas. Fez uma flexibilização da economia;
  • Fase controvérsa: Deu maior autonomia para empresas que continuavam a ser estatais. Pela falta de incentivos, as empresas passaram a não cumprir os planos que eram criados pelo governo. Além disso, houve uma dismonopolização da economia. As empresas começaram a poder falir e passou a haver desemprego(algo que não existia na URSS antes);
  • Fim do monopartidarismo: Início da redemocratização e de discussões sobre o capitalismo.

- Finalmente, a União Soviética foi dividída em 15 repúblicas, tirando todo o poder de Gorbatchev;

- Em agosto de 1991, há um golpe que tenta tirar Gorbatchev do poder. Em dezembro, há realmente o fim da União Soviética.